Namu Amida Butsu!: Rendai Utena

Namu Amida Butsu!: Rendai Utena

Estúdio: Asahi Production
Direção: Oguro Akira
Roteiro: Yoshida Erika
Baseado em um jogo de celular por DMM.com
Número de episódios: 12
O sofrimento que ninguém pode escapar quando vivem: envelhecer, adoecer e morrer. A única salvação é a iluminação budista. No final de uma guerra, um príncipe que obteve a iluminação budista tornou-se o Shaka Nyorai e salvou o mundo. Muito tempo se passou desde então e o mundo vive na era da decadência. Mara, a entidade uma vez tentou destruir a iluminação de Shaka, faz um contrato com o diabo para se vingar de Shaka. Ele então começa a controlar as pessoas através de suas preocupações.

Enquanto isso, uma equipe centrada em torno de Shaka, chamada de Treze Budas, e as duas divindades benevolentes que protegem o dharma, Taishakuten e Bonten, ascendem para lutar contra Mara e proteger as pessoas das suas preocupações. Uma batalha entre Mara e os deuses budistas está para começar!

Namu Amida Butsu!: Rendai Utena é a adaptação do novo jogo da DMM Games que na verdade parece ser apenas uma nova versão de Touken Ranbu. Há algumas diferenças no entanto: ao invés de lendárias armas japonesas antropomorfizadas, temos os Treze Budas que desceram até a Terra. No lugar de monstros tentando mudar o curso da história e apagar eventos do passado a fim de mudar o futuro, temos estas entidades purificando sentimentos negativos dos humanos que podem os prejudicar. Além disso, os personagens não vivem isolados em uma fortaleza e até interagem (de uma maneira até engraçada) com o mundo humano.

Aparentemente há um plot maior a ser desenvolvido e dessa vez o vilão tem rosto, mas o anime parece querer focar mais inicialmente em aspectos mundanos, num clima mais slice of life, e o relacionamento que os personagens desenvolvem convivendo, exatamente como foi com Touken Ranbu Hanamaru.

Não entendo muito a decisão de criar um novo produto que parece apenas uma cópia de outro produto já bem popular da sua própria marca (até por não entender como as coisas funcionam por trás das cortinas) e não seguir produzindo publicidade para o seu grande hit. Talvez seja uma necessidade de se renovar, não sei…

Eu particularmente gosto de Toranbu Hanamaru e Katsugeki e a estética de seus personagens, de como os dois se complementam e representam bem as mecânicas do jogo (cujo, apenas dei uma olhada rápida, pois não existe traduzido para o inglês infelizmente). Namuamidabutsu provavelmente não vai ser diferente.

O negócio é que esse anime é uma obra claramente de nicho e provavelmente não irá agradar a todos os tipos de público, mas se você gosta de Toranbu, recomendo que dê uma olhadinha.