Ensemble Stars!

Ensemble Stars!

Estúdio: David Production
Direção: Soejima Yasufumi
Roteiro: Inotsume Shinichi
Projeto multimídia por Happy Elements
Número de episódios: ?
A Acadêmia Particular Yumenosaki , uma escola localizada em uma colina de frente para o oceano. Especializada em treinamento de ídolos para meninos, a escola tem uma longa história de produção de gerações de ídolos para o mundo do entretenimento, com jovens talentosos, como as estrelas brilhando no céu. Devido a “circunstâncias especiais”, a protagonista é uma estudante transferida bem como o único estudante do sexo feminino lá. Na verdade, você é escolhido para ser o primeiro aluno do “curso de produtores”, e sua tarefa é produzir esses ídolos.

 

À primeira vista, Ensemble Stars parece ser só mais um romance “harém” ou outra série idol com personagens demais para introduzir a alguém não já acostumado ao material original. Não está completamente errado, mas é muito mais surpreendente do que aparenta ser.

A história foca numa garota que se transfere para uma escola de idols masculinos e vira produtora de um grupo. Até aí nada de estranho. Mas daí pra frente o anime mostra sua verdadeira face.

Revoluções, batalhas, vampiros, torneios, etc. Ensemble Stars tem de tudo que é bizarro e mais um pouco. A série abraça o exagero, os personagens tem personalidades completamente fora do normal e todo o conceito estranho de batalhas sérias de idol é levado a sério pela história.

O bom é que é intencional, o anime sabe o que é e abraça isso. Esse tom leve deixa os episódios mais divertidos, a comédia funciona e a história se beneficia disso — quando o “anormal” se torna regra, é fácil de digerir tudo que acontece ali.

Ponto negativo, como de costume para anime do tipo, é o quão difícil é de relembrar tantos personagens quando o anime os introduz tão rapidamente.

Único e bem produzido, Ensemble Stars apostou bem em começar já direto mostrando o quão diferente é de outras séries do gênero.