A DINÂMICA DE ANIMES CURTOS

A mídia de animes, em comparação com outras como séries e filmes, trabalha com episódios relativamente curtos, em torno de 25 minutos. Mas, da mesma forma que pode parecer extremamente rápido e fluido maratonar uma série com o dobro de tempo, um episódio de anime pode durar uma eternidade. E isso, lógico, depende do quão imerso você se sente naquela narrativa, o que pode acontecer devido à complexidade do enredo, ou até a simplicidade que faz com que seja mais fácil de acompanhar – ou mais importante ainda, a dinamicidade com que tudo acontece. Provavelmente é muito mais fácil você parar e assistir mais de 10 episódios de um anime como One Piece do que algo como Serial Experiments Lain. Tudo depende do quão rápido as coisas acontecem e de como aquilo é feito pra entregar o que a série promete; seja drama, ação ou comédia. Porém, existem também animes com metade desse tempo, ou até mesmo com menos de 5 minutos, que criam uma certa repulsa por parecerem desnecessários e totalmente esquecíveis, pois, afinal, o que um anime desse tamanho teria a oferecer em questão de desenvolvimento de personagens e enredo? Bom, a maioria de fato não tem. E nem tentam. Eles funcionam com as suas próprias regras e com uma dinâmica própria, o que faz com que sejam tão interessantes quanto uma série com episódios no formato de tempo padrão.

teekyuu
Teekyuu
é um bom exemplo. Tudo acontece de forma desenfreada, como se alguém tivesse apertado no controle da TV pra avançar no dobro da velocidade. Esse exagero faz com que os dois minutos que a série tem em média por episódio pareçam durar muito mais. Ele aproveita ao máximo esse tempo e faz com que as piadas funcionam muito bem, como se essa fosse a forma na qual foram arquitetadas. Com cortes rápidos típicos do humor japonês (do estilo manzai) e conversas, assim como situações, totalmente nonsense, Teekyuu consegue elevar seu estilo de humor através de uma dinâmica exagerada que condiz com o que o próprio anime é. Até a primeira abertura parece expressar o que o anime é: as personagens correndo sem rumo, inflando até o ar e explodindo. Atualmente com 8 temporadas (o que daria em média uma série de 12 episódios) e alguns spin-offs, Teekyuu é um anime que merece um destaque especial entre os curtas.

plastic_nee-san_-_ova_095-1

Falando de absurdos, Plastic Nee-san é um curta que se equipara a Teekyuu, embora não tão frenético quanto. A série tem um ritmo mais padrão, mas sua estrutura é desconexa, com punchlines absurdas e personagens over the top. Por mais curto que seja, Plastic Nee-san é tudo menos esquecível.

302881286f1772827_w
Nekojiru é o mais próximo de um South Park japonês. Baseado numa coletânea de tirinhas curtas, o anime tem um humor mais mórbido e cínico ao retratar o quão cruel a inocência de crianças pode ser. É violento, sujo e provavelmente de muito mau gosto para maioria. Mas isso que faz ele ser tão bom.

tonari-no-seki-kun-characters

Quem nunca tentou se entreter com tudo que pudesse na aula, menos com a própria aula? Tonari no Seki-kun é um curta sobre um garoto que leva isso um pouco longe demais. Cada episódio foca numa das suas mini-aventuras com objetos aleatórios na sala de aula, imperceptível para todos na classe exceto por sua colega ao lado, que assiste tudo com empolgação e apreensão. Com criatividade e humor, Seki-kun é um curta bem divertido que merece mais atenção.

2016-05-26-003525_1920x1080_scrot

Do estúdio Trigger, Luluco certamente não tenta esconder isso. Com um humor típico do estúdio, o anime referencia várias produções passadas da casa quase como se tivesse transitando entre um universo compartilhado.  A animação e o design são carismáticos e certamente vale a pena para quem curte o estilo do estúdio.

p2zqzmll

Também do estúdio Trigger, Turning Girls é uma série de ONAs sobre um  grupo de garotas que não tem nada em comum e as situações em que se envolvem: uma auto-proclamada idol, que na verdade é um adulta com um trabalho de meio-período e que falha ao tentar chamar atenção de outras pessoas e irrita a todos com a sua persona infantil; uma gótica que cria outra persona quando se fantasia e uma fujoshi que tenta esconder seus hobbies. A animação é a mais barata que você pode conseguir, mas essa é o tempero Trigger que faz alguns dos animes deles se destacarem. E fica uma recomendação extra para outra série ONA deles: Inferno Cop.

231641

Honto ni Atta! Reibai-Sensei também tem uma animação bem barata, mas é provavelmente um dos meus favoritos. A série é sobre uma professora com poderes psíquicos que consegue falar com mortos e acaba tendo que conciliar essa habilidade com a responsabilidade de lidar com sua classe. Da mesma autora de Sabagebu! (que também recomendo), Reibai-sensei tem personagens divertidos e situações bem engraçadas que vai agradar aqueles que não se importam com sua animação simples.

miss-bernard-said-crunchyroll-header
Bernard-jou Iwaku. tem um ritmo frenético parecido com Teekyuu, mas seu humor é mais satírico ao fazer graça de leitores ávidos e seus comportamentos pretensiosos. Sua estrutura é mais linear e com um pouco de desenvolvimento de personagens, o que também faz com que seu humor não se estagne e se torne repetitivo. Carregado de citações e referências à livros e autores clássicos, seu humor é sagaz e seus personagens carregam bem a trama quando tenta ser um pouco mais sério. Bernard-jou certamente foi um dos meus destaques do ano de 2016 e provavelmente é um dos meus favoritos.

Enfim, curtas são animes que funcionam bem, por menor ou mais barato que sejam, pelo seu ritmo, sagacidade e humor. São animes que conseguem extrapolar a simplicidade e serem impactantes no menor tempo possível. São a prova de que tudo depende de uma boa execução e dinâmica.

Defensor da indústria de animação japonesa atual e de todos os mercados de nicho, Overkilledred luta contra a desinformação passada pelas mídias especializadas em cultura pop e tenta salvar o público da alienação.

Sobre Overkilledred

Defensor da indústria de animação japonesa atual e de todos os mercados de nicho, Overkilledred luta contra a desinformação passada pelas mídias especializadas em cultura pop e tenta salvar o público da alienação.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz